Alimentos que são um perigo para seu gato e você não sabia

  • UVA, é uma fruta que muita gente ama, mas um PERIGO para seu gatinho e para seu cão também, a uva contém substancias que causam problemas renais ao seu bichinho.
  • ALHO E CEBOLA, deixam o arroz uma delicia, mas para os felinos são tóxicos, podem causar anemia.
  • CHOCOLATE, isso mesmo que você leu,essa delicia de doce é considerado um dos piores, graças a uma substância chamada teobromina, que causa arritmia, hiperatividade, dor excessiva, aumento da urina, e outros. Depende da quantidade que for ingerida e o tipo de chocolate, podendo até matar seu animalzinho.
  • TOMATE, pois é, o tomate também entra na lista, podendo causar vômitos, diarreias,e até paralisia.
  • ABACATE, não me passa pela cabeça ver um gato que goste de abacate,mas já vi um gato que amava pipoca, então quem sabe não tenha algum por aí que coma um abacate né? o fato é que o abacate contém uma substancia que afeta o músculo cardíaco dos gatos, e o sistema digestivo, ou seja perigo.
  • BEBIDAS ALCOÓLICAS, acredito que quem cria um gato deve amar-lo e não faria uma bobagem dessas que é dar bebidas para ele, mas se alguém faz essa gracinha, já deve ter se arrependido, ou não fará mais. bebidas que contém álcool, fazem um tremendo mal,causando convulsões , estado de coma e até morte.

Emfim, é isso meus amores, cuidado com os petiscos que você dá ao seu  bichinho.

um beijo e até!

Vamos falar sobre gatos?

Os gatos fazem parte do grupo de figuras místicas, há muito tempo atrás surgiu a crença de que os gatos eram animais de bruxas, e até hoje ainda existem pessoas que acreditam nesses mitos, um caso bem comum, é a ideia de que gato preto dar azar.
Para mim os gatos são animais extremamente carinhosos desde que você saiba lhe dar carinho e atenção, e sim, são independentes, eles precisam de lar, carinho, amor e atenção.
Acredito que quando alguém pensa em adotar qualquer animal, tem que estar disposto a lhe dar amor, e precisa entender um pouco sobre o animal que está adotando.
Gatos filhotes costumam a miar muito nos primeiros dias que estão na nova casa, e você tem sim, que ter paciência e dedicação, para lhe passar segurança, até ele se acostumar com o ambiente.
A alimentação vai depender de seu animalzinho, existe rações própria para filhotes, mas alguns não aceitam no inicio, pelo fato de estarem novinhos, seus dentinhos não terão força para mastigar a ração, (se essa for dura) e estão acostumados com o leite de sua mamãe, então alguns irão optar pelo leite.
Quanto ao leite, existe um leite especial para gatos, mas não é comum encontrar, principalmente em cidades pequenas, então você pode tentar o leite de caixa, mas aconselho colocar uma colher ou duas de água no leite que ele vai beber, pois seu intestino precisa se adaptar ao leite de outra espécie, ou provavelmente ele terá dores na barriga,e até mesmo diarreia, depois de uma semana vá diminuindo a quantidade de água, daí em diante já não lhe prejudicará.
O seguinte passo é adaptar-lo á ração, pois você não poderá manter seu bichinho só com leite, assim como nós eles precisam de uma alimentação balanceada. Quando adotei minha gatinha, ela demorou um pouco para aceitar a ração, então comecei com o leite, e quando chegou a hora de mudar para a ração, comecei tentando com brincadeiras, jogava de grão em grão no chão para ela ir pegar , e ela acabava colocando na boca, detalhe, não era mandando ir buscar como fazem os cães, se estiver pensando em fazer isso desista. Como não lhe era suficiente os grãozinhos que ela comia nas brincadeiras, pois ela não comia todos, eu complementava com o leite, e colocava alguns grãos da ração dentro do leite, e fui fazendo assim até ela se acostumar e comer a ração.
Agora vamos falar de uma parte um pouco chata, pois se seu bichano come, esse alimento terá que sair, certo?.
Os gatos fazem suas necessidades na terra e em caixinhas de areia, mas quando filhotes, eles costumam fazer isso, no tapete da sala, no forro do sofá, na cortina… então tenha paciência é uma fase que se você souber contornar logo passará.
Tente mantê-lo em um lugar onde não tenha tecidos, pois eles costumam usar tecidos por instinto animal, os gatos tendem a esconder as fezes e seu xixi, por isso o uso da terra. Se ele estiver em um lugar que não tenha onde cavar, ele recorrerá para a caixinha de areia, caso isso não aconteça, plano b em ação.
Se ele não recorrer á caixa de areia está lhe faltando algo familiar, ou seja o cheiro. Se ele fizer cocô em outro lugar, recolha e enterre na caixinha de areia, assim ele irá sentir o cheiro e vai facilitar a sua escolha entre a areia e seu tapete. Se não preferir essa opção, existe um produto vendido em casas veterinárias próprio para ser usado na caixinha de areia. Quando minha gata ainda era filhote e estava neste processo, preparei uma caixinha de areia, areia comum, pois existe uma areia especializada para gatos, vendida em casas veterinárias. Mas optei pela areia comum, pois na época eu nem sabia da existência dessa areia especial, mas o problema é que havia um cachorro na casa, e a areia que peguei no quintal estava com o cheiro do cachorro, e não havia método que eu fizesse para que minha gata usasse a caixinha de areia, se eu colocasse ela perto ela saia correndo, até que lembrei do cheiro do cachorro, troquei a areia por outra e enterrei uma de suas fezes na areia e facilitou o processo, no mesmo dia ela já usou a caixinha.
Então, basta ter paciência e jogo de cintura.
Quanto ao banho, vamos lá, todo mundo está cansado de saber que gatos não gostam de banho,mas é preciso dar banho em seu bichinho, quando adultos os gatos tomam seu banho a sua maneira, você já deve ter visto algum gato se lambendo, pois é, esse é seu banho, sua saliva possui uma substancia que limpa todas as impurezas presente no pelo. Mas quando filhotes seus pais é que fazem isso, por isso os filhotes não costumam se limpar, cabe a você essa tarefa. Ao menos uma vez por semana enquanto forem filhotes, com shampoo especial para filhotes, e com fórmula anti-pulga. Depois de adulto esse intervalo pode aumentar para duas semanas, desde que haja escovação sempre.
A escovação é importante para que não haja queda de pelo, o vilão das alergias, lembrando que o pelo em si não causa alergia,mas falaremos disso depois. E se seu animalzinho estiver com queda de pelo exagerada, mude a alimentação,pois é preciso de vez em quando variar, pois existem rações que variam com vitaminas, se persistir leve ao veterinário.
Em breve, falaremos sobre reações alérgicas , alimentos que não devem ser ingeridos por gatos, e sobre produtos que usamos que podem ser um grande risco para saúde e seu bichinho.
Um beijo e até.